BOLO COCADA COM QUEIJO, SABOROSÍSSIMO!

Um bolo que convida para  um café ou chá da tarde, para o café da manhã ou para qualquer outra hora que bater a vontade.

Ingredientes:

1 lata de leite condensado

3 ovos inteiros

50 g de queijo parmesão ralado

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de manteiga sem sal

3 copos de coco fresco ralado

1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de fazer:

Bater no liquidificador o leite condensado, a manteiga e os ovos.

Acrescentar a metade do coco, o queijo, a farinha e bater.

Desligar o liquidificador e misturar o restante do coco e o fermento.

Despejar o creme em uma forma pequena, untada e polvilhada com açúcar, levar ao forno preaquecido a 180ºC, por aproximadamente 30 minutos ou até dourar. Fazer o teste do palito.

PAVÊ DE BRIGADEIRO COM CEREJAS AO MARRASQUINO

Uma saborosa sugestão de sobremesa para o almoço de Páscoa!

INGREDIENTES

Para o creme:

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite com soro

2 colheres de sopa de chocolate em pó

1 colher de sopa de manteiga sem sal

1 pote (275 gramas) de cerejas em calda marrasquino escorridas e picadas (separe algumas inteiras para decoração)

Um punhado de nozes

Para a camada das bolachas:

1 pacote (200 gramas) de bolacha maizena

A calda das cerejas (marrasquino)

Para finalizar:

Chocolate granulado e cerejas a gosto

MODO DE FAZER

Para o creme:

Levar ao fogo o leite condensado, o chocolate em pó e a manteiga.
Mexer o tempo todo até levantar fervura e depois soltar o fundo da panela.
Desligar o fogo e acrescentar o creme de leite e as cerejas picadas.
Misturar bem até incorporar o creme de leite.

Para umedecer as bolachas:

Passar rapidamente as bolachas na calda das cerejas.

Montagem e finalização:

Intercalar uma camada de bolacha maizena umedecida e outra camada de creme de brigadeiro.
A última camada deve ser de creme de brigadeiro.
Finalizar salpicando chocolate granulado, nozes e cerejas.
Levar para a geladeira por no mínimo 4 horas antes de servir. O ideal é deixar de um dia para o outro, pois a consistência fica mais firme e os sabores mais acentuados.

GNOCCHI ALLA PANNA, BRÓCOLI, GRANA PADANO E PROSCIUTTO

APROVEITANDO O ALMOÇO DE ANIVERSÁRIO DO MEU FILHO, PREPAREI UM NHOQUE QUE EU TINHA PROVADO NO EATALY E CONSEGUI REPRODUZIR COM SUCESSO, PARA MINHA ALEGRIA!

Ingredientes da massa ( 6 pessoas):

1 kg de batatas próprias para nhoque, são mais secas.

300 g de farinha de trigo

2 colheres (sopa) de azeite

Molho

500 ml de creme de leite fresco

120 g de queijo grana padano ralado

100 g de  presunto cru fatiado fino

Um maço de brócolis 

2 cebolas picadinhas

Azeite e sal a gosto

Modo de fazer:

Descascar as batatas e cozinhar em água fervente até amolecerem

Amassar as batatas e esperar amornar.

Polvilhar um pouco de farinha na bancada, colocar as batatas amassadas e o azeite, começar a polvilhar aos poucos a farinha de trigo e começar a sovar a massa, mas não muito para não liberar o amido da batata, resultando numa massa pegajosa. Deverá ficar uma massa que desgruda das mãos e gostosa de trabalhar. A quantidade de farinha depende da temperatura do dia e do tipo da batata.

Cortar a massa em pedaços e fazer bastões longos com a espessura de um dedo. Cortar em pedacinhos e passar cada um pelo garfo, apertando levemente com os dedos para fazer os riscos característicos. Polvilhar farinha sobre todos.

Cozinhar em água fervente e salgada um pouco de cada vez.

Quando os nhoques boiarem escorrer.

Recheio

Lavar bem as flores do brócolis e os cabos mais moles. Separar as flores em pequenos raminhos e fatiar os cabinhos.

Usar uma panela wok

Cobrir o fundo com azeite e colocar as

cebolas, deixar murchar e acrescentar o brócolis picado e uma xícara (chá) de água, sal e deixar cozinhar.

Quando o brócolis estiver ao dente adicionar o creme de leite e o queijo, mexer bem, colocar um pouco de pimenta do reino moída na hora.

Escorrer os nhoques e jogar no molho, mexer bem para tudo pegar gosto, espalhar por cima o presunto cru e servir em seguida

Quem gostar, polvilhar parmesão ralado.

SALADA DE PIMENTÃO VERMELHO ASSADO

A salada de pimentão assado é um ótimo acompanhamento ou antepasto fácil com um sabor delicioso! Os pimentões vermelhos são ricos em beta-carotenos, vitamina B6 e especialmente vitamina C,

Ingredientes:

  • 4 pimentões vermelhos lavados e secos cortados ao meio.
  • 1 xícara de chá de azeite de oliva.
  • 2 dentes de alho bem picadinhos.
  • 1 colher de rasa de chá de orégano.
  • 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico 
  • sal a gosto.

MODO DE FAZER:

Lavar e secar bem os pimentões.
Colocar numa forma e levar ao forno preaquecido a 180ºC para assar.
A cada 10 minutos virar os pimentões, deixando todos os lados meio queimadinhos.
Assar por cerca de 30 a 40 minutos.
Colocar os pimentões assados em um saco e fechar. Deixar descansar por 10 minutos.
Pegar os pimentões e com uma faca retirar a parte de cima do talo e puxar para retirar as sementes.
Abrir os pimentões e retirar de dentro as sementes que ficaram, e tirar toda a pele por fora dos pimentões.
Cortar em tiras finas e temperar com orégano, sal, alho picado, azeite e vinagre.

Conservar em geladeira. Servir gelada.

DICA

  • Pode usar também pimentões amarelos misturados com os vermelhos.
  • Pode adicionar:
  • Azeitonas pretas sem caroço.
  • Alcaparras

QUICHE DE RICOTA, TOMATE SECO E AZEITONAS

Uma saborosa e fácil receita para o seu dia a dia. Uma quiche fácil de preparar. Uma massa amanteigada com recheio cremoso de ricota com azeitonas e tomate seco.
É servida quente ou fria, e pode ser acompanhada por uma boa salada verde ou por uma salada de tomate com manjericão, temperada apenas com azeite e sal.

Eu prefiro servir fria com salada, acho o sabor mais intenso.

Ingredientes da massa:
250 g de farinha de trigo
50 g de manteiga sem sal
2 colheres (sopa)de água gelada
1 pitada de sal
RECHEIO
500 g de ricota fresca
2 ovos inteiros
1 lata de creme de leite com soro
50 g de tomate seco picado
1 xícara de chá de manjericão picado e salsinha
2 colheres de sopa bem cheias de queijo parmesão ralado
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de orégano
6 azeitonas pretas picadas
Sal a gosto

Modo de fazer:

Colocar a farinha num recipiente e adicionar a manteiga em pequenas pedaços. Misturar os ingredientes até formar uma farofinha.
Adicionar a água em poucas quantidades e misturar até a massa ficar homogênea.
O resultado será uma massa um pouco úmida, porém firme. ou seja, até a farinha incorporar por completo toda a manteiga. É bom lembrar que os ingredientes devem ser muito bem misturados.

Colocar a massa enrolada em um filme plástico e reservar na geladeira por 20 minutos.

Enquanto isso, preparar o recheio

Bater no liquidificador ou à mão os ovos, o creme de leite e a ricota.
Adicionar o azeite, o sal, as ervas, os tomates e as azeitonas e mexer delicadamente.

MONTAGEM:

  1. Acomodar com os dedos a massa num refratário médio, espalhando bem no fundo e um pouco nas laterais. Não há necessidade de untar, pois a massa é amanteigada.
  2. Despejar a mistura da ricota.
  3. Polvilhar um pouco de queijo parmesão ralado por cima.
  4. Levar para o forno preaquecido a 180ºC e assar por aproximadamente 25 minutos, ou até dourar.

RISOTO DE TOMATE, ALHO PORÓ E PALMITO

Risoto, uma opção perfeita para um almoço ou jantar, com ar de sofisticação, mas sem muito trabalho. Este ficou saborosíssimo, porque misturei alguns vegetais cujos os sabores harmonizaram-se muito bem.

Usei o arroz Vialone nano que é um grão menor que os demais tipos de arroz italiano e arredondado, bom para risotos delicados. Solta mais amido que o Arbóreo e o Carnaroli e por isso fica ainda mais cremoso. 

INGREDIENTES:

caldo de legumes

1 talo de alho poró fatiado

2 cebolas médias picadas

6 tomates italianos sem pele e sem sementes picados

1 vidro de palmito pupunha 

Folhas de manjericão 

2 xícaras (chá) de arroz Vialone nano

1 xícara (chá) de vinho branco seco

Azeite e sal

MODO DE FAZER

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e colocar as cebolas e o alho poró e cozinhar até murchar. Adicionar os tomates, saltear e acrescentar o arroz, deixar fritar e colocar o vinho branco.

Quando o vinho evaporar juntar aos poucos o caldo quente, duas ou três conchas de cada vez, apenas para cobrir todo o arroz,  mexer e deixar o líquido evaporar,  colocar mais caldo até cobrir o arroz, mexer.

Na metade do cozimento adicionar o sal, o palmito cortado em rodelas e as folhas de manjericão picadas, colocar mais caldo.

Provar o sal, ir colocando caldo até o arroz atingir o ponto.  “O melhor ponto é aquele que você gosta”.

Ele deverá ficar com um pouquinho de caldo.

Desligar o fogo e regar um pouco de azeite no risoto. Deixar descansar por 5 minutos e servir.

Um bom caldo é o segredo para um risoto saboroso!

DICA: Optar sempre por caldos caseiros no lugar dos industrializados. Para elaborar o seu próprio caldo usar 2 talos de salsão com as folhas, 1 cenoura, 1 talo de alho poró, 1 cebola, 3 ramos de cebolinha e um punhado de salsinha com os talos, água fria, sal e um fio de azeite. Levar para o fogo e cozinhar até os vegetais amolecerem.

RISOTO COM ABÓBORA E CARNE SECA

UMA RECEITA GENUINAMENTE ITALIANA COM UM TOQUE BEM BRASILEIRO!
Há tempos  eu queria fazer esse prato do meu jeito e consegui. Aproveitei o almoço de domingo e a família para avaliar. Foi super aprovado e aqui compartilho a receita que desenvolvi, experimentem.
Ingredientes:
400 g de carne seca cozida e desfiada
2 xícaras (chá) de arroz Carnaroli
Cerca de 1,5L de caldo de carne seca
1 cebola em cubos
1 dente de alho picado
200 g de abóbora Cabotiã picada em cubinhos
1 xícara (chá) de vinho branco seco
1/2 xícara (chá)de salsinha picada
1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de azeite
Modo de fazer a Carne seca
Na véspera, deixar a carne seca de molho na água fria, trocando 4 vezes, até o dia seguinte. Escorrer e colocar a carne na panela de pressão com água, uma cebola inteira e descascada, 1 alho, 1 talo de alho poró e alguns ramos de cebolinha verde. Cozinhar por 40 minutos ou até a carne ficar mole.
Retirar a carne do caldo, deixar esfriar e desfiar. Reservar
O caldo será usado no risoto. Provar o sal, se estiver salgado diluir com água.
Separar metade da carne que será refogada para usar na decoração.
Numa frigideira antiaderente regar um pouco de azeite e refogar uma cebola fatiada em meias rodelas finas, adicionar um tomate pequeno sem pele e sem sementes fatiado e saltear, juntar a carne desfiada e deixar pegar gosto, retirar do fogo e reservar.
Risoto
Colocar o azeite e a manteiga numa panela antiaderente e refogar a cebola e o alho.
Em seguida, adicionar o arroz e refogar até os grãos ficarem perolados.
Adicionar o vinho branco e esperar evaporar.
Cortar a abóbora em cubos pequenos.
Acrescentar o caldo da carne seca quente até cobrir o arroz, mexer e acrescentar a outra metade da carne desfiada e a abóbora picada, mexer e quando secar adicionar mais caldo e repetir o procedimento  até o arroz ficar al dente.
Adicionar a salsinha picada, provar para ver se há necessidade de sal, desligar o fogo e acrescentar 1 colher (sopa) de manteiga fria e mexer bem para amanteigar o risoto.
Eu não usei o tradicional parmesão na finalização, porque acho que não combina com a carne seca, mas isso é uma questão de gosto.

PENNE DE ARROZ AO MOLHO DE TOMATE, ERVILHAS E CREME DE CASTANHA DE CAJU

Atendendo a um pedido da minha filha para criar uma receita substituindo o creme de leite por creme de caju, consegui chegar nesse prato que, acreditem ficou sensacional! Saboroso e muito nutritivo.

INGREDIENTES:

300 g de penne de arroz ou de grano duro

1 lata de tomate pelado

1 cebola cortada em meus fatias finas

1 dente alho fatiado finamente 

1 colher (café) de orégano 

1 colher (chá) de páprica doce defumada

1/2 xícara (chá) de salsinha e cebolinha picadas

1/2 pacote de ervilha congelada 

1 xícara (chá) de creme de castanha de caju 

Azeite e sal a gosto

MODO DE FAZER:

Numa panela antiaderente cobrir o fundo com azeite e dourar a cebola e o alho, juntar os tomates, a ervilha e duas lata de água, deixar refogar.

Adicionar o orégano, o sal, a páprica e o cheiro verde, deixar apurar, se houver necessidade adicionar mais um pouco de água. Provar o sal e se o tomate ainda estiver ácido, pingar água aos pouquinhos e ir apurando.

Creme de caju

Deixar de molho 1/2 xícara (chá) de castanha de caju em 1 xícara de água por cerca de 30 minutos.

Escorrer as castanhas e bater no liquidificador com 1/2 xícara (chá) de água filtrada até virar um creme líquido.

Acrescentar esse creme no final do cozimento com o fogo desligado e mexer bem.

Cozinhar a massa em água fervente e salgada  até o ponto ao dente.

Escorrer a massa e juntar ao molho, mexer bem e servir em seguida.

TORTILLA DE PATATA Y PIMIENTO ROJO

Um prato versátil, saboroso e apetitoso!

INGREDIENTES:

1 pimentão vermelho 

2 batatas

2 cebolas médias

1 dente de alho 

6 ovos frescos

Uma pitada de orégano

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Azeite e sal

MODO DE FAZER:

Colocar azeite em uma frigideira antiaderente até cobrir bem o fundo, levar ao fogo com as batatas cortadas em meias rodelas finas, o pimentão vermelho em tirinhas, o alho fatiado e as cebolas cortadas em meias rodelas finas, adicionar uma pitada de sal, a pimenta, o orégano e deixar refogar. 

Quando as batatas estiverem macias e levemente douradas, retirar do fogo, escorrer bem e reservar.

Em uma tigela bater os ovos com um garfo ou um batedor (fouet), adicionar uma pitada de sal e misturar com as batatas, as cebolas já refogadas. Misturar tudo muito bem.

Voltar a frigideira no fogo, verificar se está com azeite, uma leve camada, deixar aquecer e colocar a mistura, mover com movimentos circulares para que a tortilla dance na frigideira e não grude no fundo. Deixar fritar bem de um lado até as bordas começarem a dourar, colocar um prato maior que a frigideira e virar a tortilha e com cuidado despejar na frigideira para cozinhar o outro lado, por cerca de um a dois minutos, com um garfo empurrar as bordas para dentro para ficar redondinha e gordinha. Retirar do fogo, colocar em um prato de servir e deixar amornar. 

Ótima sugestão para um almoço ou jantar, servida com salada ou ainda pode ser degustada como aperitivo, cortada em fatias, que é a forma mais comum de consumo na Espanha, servida como tapas.

ARROZ COM FLORES DA ABOBRINHA

GANHEI DA MINHA AMIGA UMAS 30 FLORES DE ABOBRINHA, VIÇOSAS, LINDAS!

A primeira vez que conheci e comi essas flores foi na Itália, fritas empanadas, tipo tempurá, e também recheadas, mas resolvi experimentar com arroz e ficou delicioso.

INGREDIENTES:

2 xícaras (chá) de arroz parboilizado 

5 xícaras (chá) de água fria

1 abobrinha cortada em palitos

Flores de abobrinha ( usei 25 e guardei algumas para a decoração)

1 cebola picada

3 dentes de alho picados

1/2 xícara (chá) de cebolinha verde picada

1 colher (chá) de orégano 

Azeite e sal a gosto

MODO DE FAZER:

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e refogar a cebola e o alho.

Acrescentar a abobrinha, a cebolinha, o orégano e as flores picadas em pedaços grandes, mexer bem.

Logo em seguida juntar o arroz, a água e o sal, tampar e deixar cozinhando até secar a água. Deixar descansar cerca de 10 minutos e servir.