LINGUINI AO MOLHO DE ABOBRINHA, ALCAPARRAS E TOMATE

Adoro improvisar! Massa aqui em casa nunca falta! Tinha também abobrinha, tomate e alcaparras, então  com esses ingredientes consegui produzir um prato prático e muito saboroso!

INGREDIENTES

500 g de macarrão tipo linguini de grano duro

3 abobrinhas médias cortadas em tiras ou meias rodelas

1 colher (sopa) de alcaparras

4 dentes de alho picados

1 lata de tomate pelado

1 colher (chá) de orégano

1/2 xícara (chá) de manjericão picado grosseiramente

azeite

sal a gosto

MODO DE FAZER


Lavar bem as abobrinhas e cortar em tiras ou meias rodelas.
Refogar 2 dentes de alho no azeite e, quando estiver dourado, adicionar as alcaparras. Quando estiver bem curtido, adicionar as abobrinhas por tempo suficiente, de modo que as abobrinhas fiquem ao dente. Retirar as abobrinhas e reservar.

Na mesma panela colocar um pouco de azeite, dourar 2 dentes de alho e refogar os tomates, colocar sal e orégano.

Quando os tomates estiverem dissolvidos juntar as abobrinhas que estavam reservadas e deixar pegar gosto sem cozinhar muito, no final adicionar as folhas de manjericão.

Cozinhar o linguini em abundante água fervente salgada. Seguir as instruções do fabricante.

Escorrer a massa e jogar no molho, incorporar bem e servir imediatamente.

SHITAKE GRELHADO

Uma entrada extremamente simples e fácil de fazer, muito saborosa e elegante!

INGREDIENTES:

Cogumelo shitake médio ou grande ( quanto maior, melhor)

Tempero: alho fatiado, orégano e salsinha picada

Pimenta do reino moída na hora (opcional)

Azeite e sal a gosto

MODO DE FAZER:

Aquecer bem uma frigideira antiaderente, colocar um fiozinho de azeite e grelhar os shitakes nos dois lados.

Retirar os cogumelos e na mesma frigideira colocar mais azeite e dourar as fatias de alho e no final do cozimento adicionar o sal, orégano, pimenta do reino e a salsinha picada.

Arrumar os cogumelos numa travessa de servir e jogar por cima o molho.

Pode ser servido quente ou frio, acompanhada de pão italiano.

Abobrinha Grelhada servida com patê

É uma entrada deliciosa para servir em qualquer época do ano.

Muito fácil e rápida de preparar.

Higienizar bem a abobrinha, retirar as pontas e cortar em rodelas de cerca 2 cm.

Aquecer bem uma frigideira antiaderente, besuntar com azeite e grelhar as rodelas dos dois lados.

Cada vez que virar a rodela salgar o lado já grelhado.

Eu gosto de fazer esse procedimento, pois o sal desidrata o legume e se salgar antes a abobrinha soltará muita água.

Organizar as rodelas grelhadas e salgadas numa travessa de servir e colocar em cima algum patê ou de queijo ou ervas finas ou de atum.

Eu servi com um patê de ervas finas.

ESCONDIDINHO DE MANDIOQUINHA E CARNE SECA

ESCONDIDINHO, mas bem presente!

No sabor, no aroma e na vontade de comer!

A mandioquinha também é conhecida como batata baroa e batata salsa.

É uma raiz tuberosa originária dos países andinos (Equador, Colômbia e Peru), introduzida no Brasil no início do século XX.

Rica em carboidratos e nutrientes importantes para a saúde, ela é amplamente utilizada na culinária de diversos países.

Ingredientes:

1k de mandioquinha

1 lata de creme de leite

2 colheres (sopa) bem cheias de queijo parmesão ralado

Sal a gosto

Recheio:

½ k de carne seca

1 cebola picada

1dente de alho picado

1 xícara (chá) de salsinha e cebolinha picados

4 tomates maduros picados sem a pele e sementes ou uma lata de tomates (pelati)

Orégano a gosto

Azeite

O sal caso haja necessidade.

Modo de fazer:

Purê:

Raspar a casca da mandioquinha e cozinhar em água fervente e sal até ficar bem macia.

Escorrer a água e amassar em forma de purê, misturar o queijo ralado e o creme de leite. Reservar.

Recheio:

Deixar a carne seca em água na geladeira de um dia para o outro, trocando a água quatro vezes. Colocar na panela de pressão com água cobrindo a carne por aproximadamente 40 minutos. Desligar e esperar perder a pressão. A carne deverá estar boa para desfiar.Cobrir o fundo da panela com uma camada fina de azeite, refogar o alho e a cebola, adicionar a carne, os outros temperos, os tomates, o sal que deve ser colocado depois de  provar o refogado, pois a carne seca pode conter ainda um pouco de sal. Deixar amalgamar bem.

Montagem:

Untar uma forma refratária com azeite, espalhar a metade do purê, colocar o recheio e cobrir com o restante do purê. Salpicar queijo ralado a gosto por cima e levar ao forno para gratinar.

Pode-se usar também recheio de frango, fica muito saboroso, inclusive se gostar, adicionar queijo muçarela picado ou ralado sobre o recheio.

  1. Dica: no purê pode-se utilizar meio quilo de mandioquinha misturada com meio quilo de batata, fica muito bom! 

BOLO DE MAÇÃ INVERTIDO

A felicidade mora numa boa mordida num pedaço desse bolo de maçã, divino, diferente, vale a pena experimentar!

INGREDIENTES:

4 ovos

200 g de açúcar demerara

300 g de farinha de trigo

4 maçãs

50 g de manteiga derretida

100 ml de leite

1 colher (sopa) de fermento em pó

MODO DE FAZER:

Preaquecer o forno 180°C

Untar uma forma pequena com manteiga e polvilhar com açúcar.

Descascar as maçãs e cortar em fatias e forrar o fundo da forma. Guardar as sobras, picar para misturar na massa.

Bater os ovos com o açúcar, acrescentar a manteiga derretida e  o leite.

Adicionar a farinha e o restante da maçã picada. Por último juntar o fermento e mexer levemente.

Despejar a massa  na forma untada e levar ao forno para assar.

Quando o bolo dourar, fazer o teste com um palito para ver se está cozido.

Se gostar:

Depois de pronto e desenformado, polvilhar a superfície do bolo de maçã, com açúcar e canela.

PÃO DE LEITE CASEIRO

FAZER PÃO PARA QUEM GOSTA É UMA TERAPIA!

MISTURAR, SOVAR, ESPERAR, ASSAR E SENTIR O AROMA QUE EXALA DO FORNO É UM GRANDE PRAZER! E COMER UMA FATIA DO PÃO RECÉM SAÍDO DO FORNO COM UMA MANTEIGUINHA ENTÃO,  NINGUÉM RESISTE!

INGREDIENTES:

1 envelope de fermento biológico seco

1 xícara (chá) de leite em temperatura ambiente

1/2 xícara (chá) de azeite

2 ovos

1 colher (sopa) de açúcar demerara

1 colher (sopa) de sal

1 kg de farinha de trigo(aproximadamente)

1 xícara (chá) de água filtrada

1 gema e um fiozinho de azeite para pincelar

MODO DE FAZER:

Preparar uma esponja com o fermento, 1 xícara (chá) de água, o açúcar e 2 colheres (sopa) de farinha, misturar tudo muito bem numa tigela, cobrir com filme plástico e reservar no forno frio até formar uma esponja.

Depois que formou a esponja:

Acrescentar nessa esponja os ovos, o leite, o azeite, o sal e a farinha de trigo que deve ser colocada aos poucos  e misturada com as mãos, sovar bem até a massa soltar das mãos.

Fazer uma bola com a massa, polvilhar com um pouquinho de farinha, colocar numa tigela, cobrir com um pano e deixar descansar até dobrar de volume.

Após esse tempo modelar os pães no formato que quiser.

Arrumarmos os pães numa forma apenas enfarinhada, cobrir com um pano e deixar descansar até dobrar de volume novamente, pincelar com gema de ovo misturada com um fiozinho de azeite e levar ao forno para assar em forno preaquecido a 180ºC, por cerca de 25 minutos ou até dourarem.

Colocar os pães sobre uma grade para esfriarem.

RISOTO DE ALHO PORÓ E ERVILHA

Risotos são sempre uma opção elegante e saborosa  para toda ocasião, com muita personalidade este prato vai impressionar qualquer paladar!

INGREDIENTES: (receita para 6 pessoas)

2 xícaras (chá) de arroz arbóreo ou carnaroli

1 alho poró cortado em rodelas finas  ( usar a parte branca e a verde)

1 pacote de ervilha congelada (200g)

1 cebola grande picada

1 alho espremido

2 Ramos de cebolinha verde picados

3 colheres (sopa) de azeite

1 taça de vinho branco seco de boa qualidade

2 litros de caldo de legumes caseiro

sal à gosto

Um fio de azeite para finalizar

MODO DE FAZER:

Aquecer o caldo de legumes.

Em uma panela grande e antiaderente colocar o azeite, a cebola, o alho, o alho poró e a ervilha congelada e refogar. Este procedimento é apenas para murchar os legumes.

Adicionar o arroz e deixar fritar. Mexer bem para não queimar.

Quando os grãos ficarem perolados adicionar o vinho branco e mexer até o vinho evaporar.

Colocar duas conchas de caldo quente, mexer bem a panela para o arroz não grudar.

Acrescentar mais caldo à medida que ele for evaporando.

Provar o sal e observar a textura.

Reduzir aos poucos a quantidade de líquido a ser acrescentado, de modo que quando ele estiver ao dente, fique levemente úmido, mas sem caldo.

“O melhor ponto é aquele que você gosta”.

Desligar o fogo e finalizar com um fio de azeite.

Montar os pratos e servir imediatamente.

TORTA DE PROVOLONE E TOMATE

Excelente opção para lanche ou jantar e pode ser acompanhada de uma salada verde.

Ingredientes da massa:

4 ovos inteiros

1 copo de leite

½ copo de azeite

1 colher (sobremesa) de alho desidratado

1 colher (sobremesa) de orégano

1 colher (café) de sal

2 colheres (sopa) de farelo de aveia

1 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

Ingredientes do recheio:

3 tomates sem pele e sem sementes fatiados

1 xícara (chá) de folhas de manjericão fresco

picado

1 cebola fatiada em meias rodelas bem finas

Queijo provolone em fatias ou ralado (150 g)

Queijo parmesão ralado (50 g)

1 colher (chá) de orégano

Azeite e um pouquinho de sal, pois os queijos já são salgados.

Mais um pouco de queijo parmesão ralado  para polvilhar

Modo de fazer a massa: 

Em uma tigela colocar todos os ingredientes líquidos com os ovos e bater com um fouet ( batedor de arame), misturando tudo muito bem.

Acrescentar os demais ingredientes mexendo  bem até incorporar tudo. Por último o fermento, misturando delicadamente.

Montagem:

Despejar ¾ do creme num refratário untado com azeite, colocar os tomates e a cebola temperados com sal e o manjericão, acrescentar em cima os queijos e o restante da massa. Polvilhar com queijo parmesão ralado, levar ao forno preaquecido a 180°C e assar até dourar.

Pode ser servida quente, morna ou fria.

BOLO DA AMORA

Sob forte emoção pelo nascimento da minha netinha Amora criei um bolo na intuição e consegui um resultado extraordinário que me surpreendeu e então resolvi chamar de BOLO DA AMORA em sua homenagem.

Um bolo saboroso, macio e de preparo fácil e rápido.

Para incrementar sugiro servir com geleia de amora.

INGREDIENTES:

3 ovos

1 xícara (chá) de açúcar demerara

1/3 xícara (chá) de manteiga derretida

1 lata de creme de leite com o soro

1 colher (sopa) de extrato de baunilha

1 colher (sopa) de fermento químico

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

MODO DE FAZER:

Preaquecer o forno a 180°C.

Untar e enfarinhar uma fôrma pequena.

Bater os ovos com o açúcar, juntar o creme de leite, a baunilha e a manteiga derretida, misturar tudo muito bem.

Acrescentar aos poucos a farinha de trigo e por último o fermento.

Despejar a massa na fôrma e assar por cerca de 35 minutos. Fazer o teste do palito.

Esperar amornar e desenformar.

Servir acompanhado de geleia de amora.

RIGATONI AO MOLHO DE COGUMELOS PARIS

Os cogumelos têm diversos benefícios para a saúde devido ao seu alto valor proteico.  São utilizados em diversos acompanhamentos, lanches, quiches, tortas, molhos e em muitos outros preparos e dão um toque requintado aos pratos!

É bom lembrar de limpar os cogumelos com um pano úmido ou uma escovinha de alimentos, pois eles não podem ser lavados em água corrente ou deixados de molho. pois como são porosos absorvem a água facilmente, inchando e perdendo muito do seu sabor característico.

Entre os cogumelos frescos mais utilizados na culinária estão o shitake, shimeji, champignon, portobello e Paris.

Nesta receita usei o cogumelo Paris pela sua textura e sabor.

INGREDIENTES:

500 g de mini rigatoni de grano duro

300 g de cogumelos Paris fatiados

1 cebola grande picada

2 dentes de alho picados

1/2 talo de alho poró fatiado

1 colher (chá) de orégano

Uma pitada de pimenta do reino moída na hora

1 xícara (chá) de cheiro verde picado ( salsinha e cebolinha)

1 vidro de Passata de tomate

A mesma medida de água

Azeite e sal a gosto

MODO DE FAZER:

Aquecer uma panela wok, cobrir o fundo com azeite e refogar a cebola os alhos e o alho poró.

Acrescentar os cogumelos, o orégano, a pimenta do reino e o sal, deixar murchar e retirar da panela, reservar.

Na mesma panela colocar mais um pouco de azeite, o cheiro verde e deixar murchar um pouco. Juntar a Passata de tomate, um pouco de sal, a água e deixar apurar.

Quando o molho de tomate estiver quase pronto,  adicionar os cogumelos refogados e deixar pegar bem o gosto, caso haja necessidade acrescentar mais um pouco de água.

Cozinhar a massa em abundante água fervente e salgada até atingir o ponto ao dente.

Escorrer a massa e jogar dentro do molho, misturar bem com o fogo aceso e deixar pegar gosto. Desligar e servir em seguida.

Para os que gostarem,  servir com  um bom parmesão ralado.