ARROZ COM HORTELÃ E PIMENTA SÍRIA

Vamos ampliar o cardápio com essa versão de arroz que é uma explosão de sabores e aromas

Um arroz delicioso que acompanha qualquer tipo de carne ou peixe ou legumes, tanto refogados quanto assados.

INGREDIENTES: ( 2 porções)

2 cebolas fatiadas em meias rodelas finas

2 dentes de alho picados

3 tomates italianos maduros sem pele e sem sementes picados

1 xícara (chá) de arroz parboilizado

3 xícaras (chá) de água

1/2 xícara (chá) de hortelã picada

1/3 xícara (chá) de cebolinha verde picada

1 colher (chá) de pimenta síria

2 colheres (sopa) de azeite

Sal a gosto

MODO DE FAZER:

Numa panela antiaderente média colocar o azeite e dourar a cebola com o alho, mexendo sempre para não queimar.

  • Acrescentar os tomates, a cebolinha, hortelã, sal e a pimenta síria, mexer bem e quando os tomates começarem a desmanchar adicionar o arroz e a água, misturar tudo muito bem, tampar a panela e deixar cozinhar em fogo médio até secar a água.

MEU PÃO DE LONGA FERMENTAÇÃO

Atendendo a inúmeros pedidos posto a receita desse pão, pois além de ser muito prático é

assado na panela, para conseguir aumentar a temperatura e manter a umidade do pão durante o processo de assar.

Nesse processo usa-se menos fermento e menos trabalho de sova. A fermentação longa promove uma digestão mais fácil e, segundo os panificadores, tem índice glicêmico menor em comparação aos pães feitos mais rapidamente. Só faço pão assim e fica sempre muito bom.

INGREDIENTES: ( rende 2 pães)

1kg de farinha de trigo ( eu uso a Renata)

5 g de fermento biológico seco ( meio pacotinho)

2 colheres (sopa) de azeite

1 colher (sopa) de sal marinho

750 ml de água filtrada

MODO DE FAZER:

Numa tigela misturar a farinha com o fermento, adicionar o azeite e a água, começar a mexer e juntar o sal. Amassar tudo muito bem durante 5 minutos, a massa fica um pouco pegajosa mesmo.

Tampar com um pano e a cada 20 ou 30 minutos molhar os dedos e puxando a massa de baixo para cima, dar a volta toda, tampar e repetir essa operação por mais duas vezes.

Tampar a tigela com filme plástico e conservar  em geladeira até o dia seguinte.

No dia seguinte retirar a tigela da geladeira logo cedo e deixar por cerca de 2 horas. Enfarinhar uma bancada e despejar a massa e  dividir em duas porções, abrir cada uma pressionando levemente com os dedos formando um retângulo, dobrar a massa e 4 pontas, abrir e esticar novamente e fazer nova dobra.
Fazer uma bola, inverter a bola e girar rapidamente com as mãos, para que a massa fique bem selada, enfarinhar a bola levemente e colocar um pano limpo numa tigela, colocar a bola  e cobrir, deixar descansar por cerca de uma hora. Fazer o processo com as duas partes.
Esquentar o forno: enquanto a massa repousa, ligar a forno na temperatura máxima (240 – 250 graus C) e colocar as panelas de inox com a tampa dentro delas por 30 minutos.
Quando as panelas estiverem bem quentes, retirar do forno,  polvilhar farinha no fundo, colocar a massa dentro, fazer  cortes em cruz na parte superior da massa para que o ar tenha por onde escapar durante o cozimento.

Tampar as panelas e levar ao forno durante 30 minutos. No final desse tempo, retirar as tampas, diminuir a temperatura do forno a  200ºC e deixar assar mais 15 a 20 minutos para criar uma boa crosta ou até dourar.
Retirar os pães do forno e colocar em uma grade para esfriar.

Sobre a grade, o pão esfria melhor, o ar circula por baixo e, sem contato direto com o vapor, ele fica crocante e seco por igual.

Obs: eu utilizo panela de inox.

ESPAGUETE AO MOLHO DE TOMATES ASSADOS

Uma massa com sabor especial!

INGREDIENTES:

5 tomates cortados em 4 partes

2 dentes de alhos fatiados

Uma pitada de orégano

Sal e azeite

MODO DE FAZER:

Aquecer o forno a 180 ºC .

Higienizar os tomates e cortar em 4 partes mantendo a pele e as sementes.

Untar uma assadeira com azeite e dispor os tomates temperados com sal e orégano, regar com azeite e assar até os tomates amolecerem.

MOLHO

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e refogar 2 cebolas fatiadas em meias rodelas finas. Juntar 2 tomates italianos maduros sem pele e sem sementes picados, juntar o sal, pimenta-do-reino moída na hora e mais os tomates assados picados, mexer bem e deixar apurar. Testar o sal.

Ferver água numa panela média e quando a água estiver em ebulição adicionar o sal e 250 g de espaguete de grano duro, mexer bem para soltar totalmente a massa.

Deixar cozinhar, mexendo de vez em quando até o ponto “al dente”.

Escorrer a massa e misturar ao molho com uma concha da água do cozimento da massa, mexendo bem para todos os sabores de misturarem, finalizar com folhas de manjericão  a gosto.

Servir em seguida polvilhada com um bom parmesão ralado.

GELEIA DE MORANGO E MARACUJÁ

É TEMPO DE MORANGO!

Aproveitando o tempo dos morangos que tal preparar uma geleia bem diferente incluindo o maracujá? Uma combinação inacreditável de aromas e sabores!

INGREDIENTES:

4 caixinhas de morangos (se possível, orgânicos)

A polpa de 3 maracujás maduros com as sementes

1 1/2 xícara (chá) de açúcar demerara orgânico ( eu gosto da geleia mais azedinha, se preferir mais doce aumentar a quantidade do açúcar)

MODO DE FAZER:

Lavar, retirar as folhas, o cabinhos dos morangos e cortar em pedaços ou em rodelas.

Colocar todos os ingredientes numa panela e levar ao fogo médio, não adicionar água, pois as frutas vão cozinhar no próprio caldo.

Ao ferver, abaixar o fogo e deixar cozinhar por mais 20 minutos, mexendo de vez em quando para não queimar.

Sempre que mexer. pressionar os pedaços de morango com a espátula para desmanchar.

Quando estiver em ponto de geleia desligar o fogo.

Verificando o ponto da geleia: com uma colher, colocar um pouco da geleia e inclinar delicadamente, a geleia deve escorrer lentamente, como um gel.

Colocar a geleia ainda quente em um recipiente de vidro devidamente higienizado, deixar um dedo de espaço, e virar de ponta cabeça). Esse processo ajuda a criar um vácuo e a durabilidade dela aumenta fora da geladeira.

Ao abrir o vidro, conservar na geladeira.

ARROZ COM ALHO PORÓ, TOMATES E MANJERICÃO

Vamos incrementar o arroz de todo o dia. Arroz parboilizado enriquecido com alho poró, cebolas e tomates tudo aromatizado com manjericão. Um prato que acompanha bem qualquer tipo de carne ou legumes assados ou refogados.

INGREDIENTES:

2 xícaras (chá) de arroz parboilizado

6 xícaras (chá) de água fria

1 cebola grande cortada em meias rodelas finas

1 alho fatiado

4 tomates italianos maduros sem pele e sem sementes picados

Uma pitada de orégano

1/2 xícara (chá) de manjericão picado

Sal e azeite

MODO DE FAZER:

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente média com azeite, refogar a cebola, alho, alho poró e quando murcharem acrescentar os tomates, temperar com sal a gosto é uma pitada de orégano, mexer bem até os tomates começarem a desmanchar. Juntar o arroz e a água, tampar a panela e deixar cozinhar até o líquido secar. Finalizar com as folhas de manjericão picadas.

PAPPARDELLE AL “SUGO FINTO”

Sugo finto (molho fingido), como fingido? Parece de carne, mas não é.

É a versão toscana do molho vegetariana sem a tradicional carne. É um molho preparado com tomates e legumes picados e refogados. Sabores que se harmonizam deliciosamente.

INGREDIENTES:

500 g de Pappardelle de grano duro

1 talo de salsão picado

2 cenouras raladas

2 cebolas fatiadas em meias rodelas finas

1 colher (chá) de orégano

1 colher (sobremesa) de páprica defumada

1/2 xícara (chá) de cebolinha verde picada

1 vidro de Passata de tomate

A mesma medida de água

Sal e azeite

MODO DE FAZER:

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente wok com azeite e refogar as cebolas, salsão e as cenouras, mexer sempre para não queimar até tudo murchar.

Acrescentar a Passata de tomate com a água, o sal, o orégano, a cebolinha e a páprica, mexer bem, tampar a panela e deixar apurar. No final do cozimento provar o sal, corrigir se houver necessidade.

Ferver água numa panela grande e quando a água estiver em ebulição adicionar o sal e a massa, mexer bem para soltar totalmente a massa.

Deixar cozinhar, mexendo de vez em quando até o ponto “al dente”.

Escorrer a massa e misturar ao molho mexendo bem para todos os sabores de misturarem.

Dica: eu gosto de fazer o molho na panela wok, pois além de agregar bem os sabores pode ir à mesa.

BOLO DE CREME DE LEITE E MAÇÃ EM NOVO VISUAL

Hoje o bolo é para o cafezinho da tarde, ele  é delicioso e já postei em outra ocasião, mas hoje mudei a fôrma e gostei mais pelo visual.

INGREDIENTES:

3 ovos

1 xícara (chá) de açúcar demerara

1/2 xícara (chá) de manteiga derretida

1 lata de creme de leite com o soro

1 colher (sopa) de essência de baunilha

1 colher (sopa) de fermento químico

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

2 maçãs sem casca e cortadas em gomos não muito finos

2 colheres (sopa) rasas de açúcar demerara

MODO DE FAZER:

Preaquecer o forno a 180°C.

Untar e enfarinhar uma fôrma de buraco central

Descascar as maçãs e cortar em gomos e envolver com o açúcar e reservar.

Bater os ovos com o açúcar, juntar o creme de leite, a baunilha e a manteiga derretida, misturar tudo muito bem.

Acrescentar aos poucos a farinha de trigo e por último o fermento.

Despejar a massa na fôrma e colocar os gomos de maçã.

Assar por cerca de 40 minutos. Fazer o teste do palito.

Esperar amornar e desenformar.

Se gostar, polvilhar açúcar de confeiteiro sobre o bolo já frio.

Dica: bater 1 xícara (chá) de açúcar demerara no liquidificador até virar pó e você terá um açúcar de confeiteiro.

PENNE AO MOLHO DE FUNGHI SECCHI E CREME DE CASTANHA DE CAJU

Uma criação que deu super certo. Os sabores se harmonizaram surpreendentemente produzindo um prato delicioso e reconfortante!

INGREDIENTES:

500 g de penne de grano duro

50 g de funghi secchi

1 alho poró fatiado

1 cebola fatiada em meias rodelas finas

1 alho grande picado

4 tomates italianos maduros sem pele e sem sementes picados

Uma pitada de orégano

Sal a gosto

Azeite

MODO DE FAZER:

Lavar e deixar os funghi secchi de molho em 3 xícaras (chá) de água quente por cerca de uma hora.

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e refogar o alho poró, a cebola e o alho. Quando murcharem adicionar o funghi picado, deixar refogar e juntar os tomates, o sal e o orégano, deixar cozinhar até os tomates começarem a desmanchar, acrescentar a água onde o funghi ficou de molho ( passar por uma peneira), deixar apurar.

MOLHO DE CASTANHA

Deixar de molho 1 xícara (chá) de castanha de caju crua e sem sal em 1 xícara de água por cerca de 4 horas.

Este processo é importante para tirar os fitatos da castanha, um antinutriente que impede a absorção dos seus nutrientes.

Escorrer as castanhas e bater no liquidificador com 1 xícara (chá) de água filtrada até virar um creme líquido.

Adicionar 1 dente de alho, um fio de azeite e bater novamente.

Acrescentar esse creme no final do cozimento do refogado do funghi com o fogo desligado e mexer bem.

Cozinhar o penne de grano duro em água fervente e salgada  até o ponto ao dente.

Escorrer a massa e juntar ao molho, acrescentar uma concha da água do cozimento da massa, mexer bem e servir em seguida.

PURÊ DE BATATA COM ESPINAFRE HORENSO

Uma combinação pra lá de especial!

O Horenso é o espinafre japonês, apresenta folhas largas e um sabor mais suave que o tradicional espinafre brasileiro.

Pode ser consumido cru ou cozido, sendo pobre em calorias (23 kcal) e rico em vitaminas e minerais, tais como vitamina A, C, E, K, B6, niacina, tiamina, riboflavina, folato, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, cobre e manganês. Também é uma fonte excelente de fibras dietéticas e proteínas. Na culinária é muito utilizado em saladas, sopas e recheios de massas, como pasteis, calzones, raviolis e pizzas, além de patês e molhos cremosos para carnes e massas.

Aqui apresento o horenso servido com purê de batata preparado de forma diferente do tradicional para os intolerantes à lactose e aos veganos.

INGREDIENTES DO  PURÊ: ( para duas pessoas)

500 g de batatas

2 cebolas picadas

2 dentes de alho picados

1/2 xícara (chá) de cebolinha verde picada

Sal a gosto

2 colheres (sopa) de azeite

Água o suficiente para cobrir tudo

MODO DE FAZER:

Descascar as batatas e cortar em pedaços médios, colocar numa panela com o restante dos ingredientes, cobrir com água e deixar cozinhar até amolecer. caso haja necessidade de mais água acrescentar aos poucos.

Higienizar bem as folhas do espinafre ( 1 maço) rasgar e refogar numa frigideira antiaderente com 1 colher de sopa de azeite e 2 dentes de alho picados. Quando o líquido estiver secando colocar sal a gosto.

Servir o purê com o espinafre.

MINI PENNE COM ATUM, CEBOLAS E AZEITONAS PRETAS

Feliz por poder voltar a brincar com minhas panelas e receitas, testei um molho que me surpreendeu.

Que tal inovar as nossas receitas de macarrão com esse molho de atum, diferente, gostoso, rápido e fácil!

INGREDIENTES:

300 g de mini penne de grano duro

1 lata de atum sólido em azeite

3 cebolas fatiadas em meias rodelas finas

2 dentes de alho fatiados

2 folhas de louro

6 azeitonas pretas sem caroço e fatiadas

Folhas de manjericão para finalizar

Sal a gosto

1 colher (sopa) de azeite

MODO DE FAZER:

Ferver água numa panela média e quando a água estiver em ebulição adicionar o sal e a massa, mexer bem para soltar totalmente a massa.

Deixar cozinhar, mexendo de vez em quando até o ponto “al dente”.

Enquanto a água ferve e a massa cozinha preparar o molho.

Numa panela antiaderente colocar o azeite e dourar as cebolas,  os alhos, o louro e o sal, mexer constantemente para não queimar.

Quando as cebolas estiverem douradas acrescentar o atum com o azeite da lata e deixar refogar rapidamente, finalizar com as azeitonas e as folhas de manjericão picadas, deixar tudo pegar gosto. Retirar as folhas de louro.

Escorrer a massa e misturar ao molho mexendo bem para todos os sabores possam se misturar. Acrescentar uma ou duas conchas da água do cozimento para não ficar muito seco. Retirar do fogo e servir em seguida.