PÃO INTEGRAL ASSADO NA PANELA

Adoro pesquisar e testar novas técnicas, assar o pão na panela com tampa é um processo que faz com que a panela gere vapor e crie aquele aspecto rústico. Cheguei à conclusão que qualquer receita de pão fica muito boa assada desse jeito. Agora foi a vez de testar um pão integral.

Este é um pão rústico que fica com aquela casca grossa e por dentro fica bem macio.

A fermentação da massa tem duas etapas, primeiro com uma parte menor de farinha, água e o fermento, produzindo uma esponja e depois com tudo junto, agregando todos os outros ingredientes, faz toda a diferença, dá ao pão a textura e o sabor que fazem a receita ser boa.

INGREDIENTES:

Para a esponja

1 xícara (chá) de água morna

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

10 g de fermento biológico seco

1 colher (sopa) rasa de açúcar demerara

Para o pão:

1 xícara (chá) de farinha de trigo

1 xícara (chá) de farinha de trigo integral

1 xícara (chá) de farelo de aveia

1/3 xícara (chá) de azeite

1 colher (chá) de sal

1 xícara (chá) de água em temperatura ambiente

MODO DE FAZER:

Esponja (de curta duração)

Numa tigela misturar muito bem os ingredientes, tampar com filme plástico e deixar descansando num local apropriado ( eu coloco no microondas)

Quando a esponja se formar adicionar nela os ingredientes e a água aos poucos, até obter uma massa homogênea e soltar ligeiramente das mãos. Caso haja necessidade acrescentar mais farinha de trigo, mas pouco.

Polvilhar um pouco de farinha de trigo numa bancada, despejar a massa e sovar por cerca de 15 minutos.

Fazer uma bola, polvilhar com farinha de trigo, colocar dentro de uma tigela, tampar com filme plástico e deixar fermentar até dobrar de volume.

A farinha integral leva mais tempo para fermentar, cerca de 4 h ou mais dependendo da temperatura do dia.

Após a fermentação, polvilhar farinha de trigo na bancada e colocar a massa, abrir com um rolo e enrolar feito um rocambole. Achatar para formar uma bola, enfarinhar e colocar novamente numa tigela tampada para descansar.

Enquanto isso ligar o forno com uma panela tampada dentro a 250ºC ( a maior temperatura do seu forno) por 30 minutos.

Após esse tempo, retirar a panela do forno, polvilhar farinha no fundo e colocar a massa dentro, fazer uma cruz com uma faca afiada, tampar e levar ao forno para assar por 30 minutos. Retirar a tampa, diminuir a 200ºC e deixar mais 10 a 15 minutos até dourar bem. ( o tempo vai depender do tipo de forno)

Retirar o pão do forno e colocar em uma grade para esfriar, assim o pão esfria melhor, o ar circula por baixo e, sem contato direto com o vapor, ele fica crocante e seco por igual.

Obs: eu utilizo panela de inox.

RISOTO DE BETERRABA LARANJA E CÚRCUMA

Eu nem sabia da existência da beterraba laranja, apenas conhecia a vermelha e a branca, até que fazendo encomenda num orgânico vi na lista essa beterraba e me chamou muito a atenção. Comprei e fiquei encantada com sua cor e sabor.

Resolvi fazer com ela um risoto e qual não foi minha surpresa quando ficou pronto, uma cor linda, muito saboroso e cremoso, realmente surpreendente!

A BETERRABA LARANJA E A CÚRCUMA ALÉM DO SABOR DÃO UMA COR LINDA AO RISOTO.

INGREDIENTES: ( 4 porções)

Caldo de legumes

1 1/2 xícaras (chá) de arroz arbóreo

1 cebola grande bem picada

1 alho poró fatiado

4 beterrabas pequenas

1 xícara (chá) de vinho branco seco

1 colher (sobremesa) de cúrcuma em pó

Sal a gosto

Azeite

MODO DE FAZER:

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e fritar o alho poró e a cebola, mexer bem para não queimar.

Assim que a cebola ficar transparente, acrescentar as beterrabas  descascadas picadas e refogar um pouco, sem parar de mexer. Acrescentar o arroz à panela e refogar mexendo sempre por dois minutos, juntar o vinho e misturar bem até evaporar. Quando o vinho evaporar, aumentar o fogo, colocar a cúrcuma, o sal e duas conchas do caldo e mexer. Quando secar, adicionar outra concha e repetir a operação à medida que o caldo for evaporando, sempre em fogo alto. Não é necessário mexer sempre apenas quando o arroz começar a secar e logo após adicionar mais caldo.

Verificar o ponto: o risoto deve ser cremoso, mas os grãos de arroz devem estar ao dente, ou seja, um pouco durinhos. Porém, se ainda estiver muito cru, continue cozinhando por mais alguns minutos. Se for necessário, juntar um pouco mais de caldo e mexer bem. Na última concha de caldo, procurar não deixar secar completamente ou o resultado será um risoto ressecado.

Quando o risoto estiver no ponto, retirar do fogo, juntar um fio de azeite, misturar muito bem e servir imediatamente.

BOLO DE MANGA

UMA GRATA SURPRESA!

UM BOLO TODO PREPARADO NO LIQUIDIFICADOR, PRÁTICO E SABOROSO!

NGREDIENTES:

1 manga grande madura cortada em pedaços

1/2 xícara (chá) de leite

2 colheres (sopa)de óleo

5 ovos

1 1/2 xícara (chá) de açúcar demerara

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

MODO DE FAZER:

Preaquecer o forno a 180ºC,

Untar e enfarinhar uma fôrma.

Bater no liquidificador a manga, o leite, o óleo e os ovos.  Acrescentar o açúcar, a farinha e continuar batendo.

Desligar o liquidificador e juntar o fermento e mexer levemente.

Despejar em uma fôrma untada e enfarinhada e assar em forno médio preaquecido a 180ºC, por cerca de 40 minutos. Fazer o teste do palito.

Desenformar morno e, se gostar, servir com fatias de manga.

PÃO DE PANELA SEM SOVA

Hoje resolvi experimentar essa técnica de fazer pão sem sovar e com fermentação longa, pois queria ver o resultado. À princípio não coloquei muita fé, mas para minha surpresa o resultado foi fantástico. A textura e a crocância ficaram divinos.

Este tipo de pão é indicado para os iniciantes, pois não requer nenhuma habilidade e mesmo para quem já pratica e aprecia, vale a pena experimentar!

INGREDIENTES:

3 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (café) de fermento biológico seco

( numa fermentação longa usa-se pouco fermento)

1 colher (chá) de sal

2 xícaras (chá) de água

MODO DE FAZER:

Numa tigela colocar a farinha, o fermento  e misturar muito bem.

Acrescentar a água misturar, juntar o sal e mexer muito bem, tampar com filme plástico e deixar fermentar por toda a noite, ( coloco dentro do microondas).

No dia seguinte, sobre uma bancada bem enfarinhada colocar a massa fermentada (ela é bem molenga mesmo!) e utilizando uma espátula, dobrar as pontas, fazer uma bola e colocar numa tigela enfarinhada para descansar novamente.

Ligar o forno com a panela tampada dentro a 250ºC ( a maior temperatura do seu forno) por 30 minutos, retirar do forno, polvilhar farinha no fundo e colocar a massa dentro, fazer uma cruz com uma faca afiada, tampar e levar ao forno para assar por 30 minutos. Retirar a tampa, diminuir a 200ºC e deixar mais 15 a 20 minutos até dourar bem.

Obs: eu utilizo panela de inox.

ESCONDIDINHO DE MANDIOCA COM LENTILHA AO MOLHO BOLONHESA

 

É um prato de dar água na boca! Saborosíssimo e muito simples tanto no preparo quanto na concepção.
Formado por camadas de purê de mandioca que escondem um bom refogado de lentilha com molho, uma deliciosa harmonia de sabores e finalizado no forno.

INGREDIENTES DO PURÊ:
500 g de mandioca cozida e espremida
1 colher (sopa) de azeite
Uma pitada de cebola desidratada
Uma pitada de alho desidratado
100 ml de leite de coco
Sal a gosto
MODO DE FAZER:
Misturar tudo muito bem formando um creme homogêneo e reservar.
MOLHO À BOLONHESA DE LENTILHA
INGREDIENTES:
1/2 xícara (chá) de lentilha deixada de molho de véspera
1 talo de salsão com as folhas picado
1 cenoura ralada
1 cebola grande picada
1 lata de tomate pelado
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sobremesa) de páprica defumada
1/2 xícara (chá) de salsinha e cebolinha picadas
Azeite e sal a gosto
MODO DE FAZER:
Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e refogar a cebola, juntar a cenoura e o salsão e continuar refogando até começar a amolecer.
Acrescentar o tomate esmagado, o orégano, a páprica e o sal, mexer bem e quando secar juntar a lentilha e duas xícaras de água, tampar a panela e deixar apurar, provar a acidez do tomate e a textura da lentilha, caso haja necessidade acrescentar Mais água aos poucos até chegar no ponto desejado.
MONTAGEM
Untar um refratário com azeite, despejar 2/3 do purê, colocar o molho com lentilha e cobrir com o restante do purê, levar ao forno a 250ºC ( a maior temperatura do seu forno) e deixar de 15 a 20 minutos.

FILÉ DE PEITO DE FRANGO À MILANESA ASSADO

Uma receita simples, prática e saborosa!

INGREDIENTES :

600 g de filé de frango
Suco de um limão
1 alho picadinho
Uma pitada de orégano e de alecrim
2 colheres (sopa) de molho inglês

Sal e azeite a gosto

1/2 xícara (chá) de farinha de rosca

1/2 xícara (chá) de farelo de aveia

1 colher (sopa) de parmesão ralado

Uma pitada de pimenta do reino moída na hora

MODO DE FAZER:

Temperar os filés com sal, limão, orégano, alecrim, alho e molho inglês.

Misturar a farinha de rosca, o farelo de aveia E a pimenta numa tigela.

Passar cada filé temperado na mistura para empanar milanesa e colocar em uma assadeira. Regar um pouco de azeite sobre cada filé e levar ao forno quente a 180°C. Quando começar a dourar, virar os filés para que dourem do outro lado.
Atenção para não deixar dourar muito.
Servir com salada ou creme de milho e arroz.

PÃO DE MINUTO DE FUBÁ

RAPIDÍSSIMOS E GOSTOSÍSSIMOS!
Receita ideal para quem não tem tempo e adora comer bem!
Pãezinhos que super combinam com um cafezinho fumegando!
Ingredientes:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de fubá
1 xícara (chá) de leite
1ovo
1 colher (sopa) de fermento em pó (de bolo)
1 colher (chá) de sal
1 colher (sobremesa) de açúcar demerara
1/3 xícara (chá)de manteiga sem sal derretida
3/4 xícara (chá) de amido de milho
Modo de fazer:
Preaquecer o forno a 180°C
Untar e enfarinhar uma fôrma
Misturar todos os ingredientes em uma tigela, misturar tudo muito bem, a massa vai ficar um pouco grudenta, então formar pãezinhos com a Ajuda de duas colheres formando bolinhas e colocar em uma assadeira untada e enfarinhada, separados uns dos outros para permitir o crescimento e levar ao forno preaquecido a 180°C por cerca de 20 minutos ou até que a parte de baixo dos pães esteja levemente dourada.

COUVE-FLOR ASSADA COM TEMPEROS

Um jeito simples de preparar a couve-flor e

com um resultado incrível!

INGREDIENTES:

1 couve-flor pequena

1 colher (sopa) de alho desidratado

1 colher (sopa) de páprica doce defumada

1 colher (sopa) de orégano

3 colheres (sopa) de farinha de grão de bico

1 colher (chá) de sal marinho

3 colheres (sopa) de azeite

Uma pitada de pimenta do reino moída na hora

MODO DE FAZER:

Preaquecer o forno a 250ºC ( a maior temperatura do seu forno).

Lavar e cortar a couve-flor em buquês pequenos.

Colocar numa tigela e acrescentar todos os temperos e misturar tudo muito bem. Provar os temperos e se houver necessidade corrigir.

Espalhar tudo numa fôrma e levar ao forno preaquecido e assar durante 20 a 30 minutos ou até ficar ao dente ( não deixar amolecer).

Servir como prato principal, acompanhada de um molho de sua preferência e salada verde, também se harmoniza bem com algum peixe e frango.

PIADINA, SABOR TIPICAMENTE ITALIANO

DESTA VEZ NUMA VERSÃO INTEGRAL.

Em tempos de isolamento social, nada como se aventurar na cozinha e experimentar fazer este pão, que é assado na frigideira e fica pronto rapidinho. Uma massa fininha, muito leve e crocante que pode ser feita facilmente em casa. Pode ser saboreada apenas com manteiga, geleia, requeijão e também recheada com ingredientes da sua preferência.

Em toda a Itália, cada cidade tem sua própria versão, surgiu na Emília-Romanha, no norte do país. A massa sempre é a mesma, mas a espessura e o recheio podem variar. O importante é que há sempre um pouco do sabor local.

Esta é a receita que experimentei e foi super aprovada!

INGREDIENTES: ( 8 porções)

250 g de farinha de trigo

250 g de farinha integral

1 colher (chá) de fermento em pó (de bolo)

1 colher (chá) de sal

4 colheres (sopa) de azeite de oliva

1 xícara (chá) de água quente ( não é fervente)

MDO DE FAZER:

Juntar numa tigela grande as farinhas, o fermento e sal. Adicionar o azeite e misturar com as mãos até ficar bem incorporado.

Juntar a água e misturar rapidamente com um garfo, depois misturar com as mãos.

Transferir a massa para uma bancada enfarinhada e amassar bem , ou até ficar macia. Colocar em uma tigela limpa, tampar e deixar descansar por 15 minutos.

Dividir a massa em 8 partes e fazer 8 bolas pequenas.

Abrir cada bolinha com um rolo até formar um disco fino.

Aquecer uma frigideira antiaderente e dourar a piadina por 1 minuto ou mais de cada lado. O tempo vai depender da intensidade do calor do seu fogão.

Servir com o recheio desejado ou simplesmente com manteiga ou geleia.

UOVA IN PURGATORIO ( ovos com tomates)

UMA DELICIOSA MEMÓRIA GUSTATIVA DA MINHA INFÂNCIA E QUE PREPARO SEMPRE QUE ME DÁ VONTADE!
Uma culinária que faz parte de vários países, tais como:
Uova in purgatório- Itália
Shakshuka em Israel
Huevos rancheiros no México
Ovos com tomate no Brasil
É um prato simples, rápido de grande sabor e que vai bem num café da manhã mais caprichado, quando se tem tempo, no almoço ou no jantar.
Basicamente, são ovos cozidos no molho de tomate,  são gemas moles que explodem sobre um molho delicioso de tomate.
Muito saudável e rico em proteínas.
INGREDIENTES:
4 ovos ( usei ovos orgânicos)
5 tomates maduros sem pele e sem sementes picados em pedaços pequenos ou 1 lata de tomates pelado
Prefiro tomates frescos
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
azeite de oliva
salsa ou cebolinha picada ou manjericão
sal, orégano e pimenta do reino a gosto
MODO DE FAZER:
Numa frigideira antiaderente colocar um fio de azeite e fritar a cebola, até ela começar a ficar transparente e adicionar o alho.
Mexer bem, na frigideira, até ficarem “Grelhados”.
Colocar os tomates, mexendo bem, na temperatura alta até ferver.
Adicionar os temperos e a salsa.
Baixar o fogo e deixar por alguns minutos, para incorporar todos os ingredientes, com a frigideira tampada.
Fazer buracos no molho, para colocar os ovos dentro. Colocar cada ovo dentro desse “Ninho”.
Olhar o molho a cada 2-3 minutos, até que os ovos fiquem cozidos no ponto desejado.
Retirar do fogo, colocar no prato e comer com Pão Italiano.
DICA: se tiver sobra de molho de tomate também poderá ser utilizado.