PURÊ DE BATATA COM COGUMELOS SALTEADOS

MAIS UMA DELICIOSA EXPERIMENTAÇÃO NA MINHA COZINHA CRIANDO UMA RECEITA VEGANA.
FICOU TÃO SABOROSA QUE COM CERTEZA AGRADARÁ A QUALQUER PALADAR.
INGREDIENTES DO PURÊ:
1 kg de batatas descascadas e picadas em pedaços médios
3 cebolas médias picadas
3 dentes de alho picados
 1 colher (chá) de orégano
Azeite e sal a gosto
3 a 4 xícaras (chá) de leite de coco
MODO DE FAZER:
Colocar todos os ingredientes numa panela, menos o leite de coco, cobrir com água fria e levar ao fogo. Cozinhar até amolecer tudo, caso haja necessidade, adicionar mais água que desta vez deve ser quente.
Quando pronto, amassar tudo muito bem e colocar aos poucos o leite de coco, mexer até atingir um ponto bem cremoso, por isso a medida do leite deve ser verificada na hora.
INGREDIENTES DO COGUMELO
250 g de cogumelo Paris fatiado
1 cebola fatiada em meias rodelas finas
2 dentes de alho fatiados
Cebolinha verde a gosto, picada
Sal e azeite a gosto
Meia xícara (chá) de shoyu
MODO DE FAZER:
Numa frigideira antiaderente colocar um fio de azeite e dourar rapidinho o alho com a cebola, juntar os cogumelos fatiados, sal e saltear.
Acrescentar o shoyu e no final do cozimento colocar a cebolinha picada. Não deixar amolecer muito.
Num prato de servir colocar o purê e acomodar por cima o cogumelo.

CREME DE MANDIOQUINHA E TOMATE

Adoro sopas e cremes, independente da estação do ano elas vão sempre bem.
São leves, saborosas e nutritivas.
Esta em especial ficou muito saborosa, pois   a mandioquinha se harmonizou muito bem com os tomates.
O creme de mandioquinha é uma opção que alia praticidade e sabor equilibrado, além de ser versátil e funcionar bem tanto para as refeições do dia a dia como para as ocasiões especiais.
Pode ser servido com croutons ou vários tipos de pães, que harmonizam bem com a textura irresistível do preparo.
INGREDIENTES:
500 g de mandioquinha
2 talos de salsão com as folhas
1 cenoura
4 tomates sem pele e sem sementes
2 cebolas
2 dentes de alho
Sal e azeite de oliva
MODO DE FAZER:
Higienizar bem todos os legumes, descascar a mandioquinha, a cenoura, as cebolas, os alhos e os tomates, cortar em pedaços grandes e colocar numa panela juntamente com o salsão, o sal e um fio de azeite, cobrir tudo com água fria e levar ao fogo. Cozinhar até que tudo esteja amolecido, caso haja necessidade adicionar mais água.
Depois de tudo cozido, provar o sal, bater no liquidificador e passar pela peneira para retirar os fiapos.

ESCONDIDINHO DE ABÓBORA COM CARNE SECA

Algumas combinações de ingredientes conquistam os mais variados tipos de paladares e surpreendem, e a duplinha de carne-seca com abóbora é uma delas. Extremamente saborosa!

Esse escondidinho pode também ser servido em uma forma de vidro bem bonita ou até mesmo em copinhos ou tigelinhas para porções individuais!

Ingredientes do purê de abóbora 

1 kg de abóbora Cabotiã em pedaços
1 cebola média picada
1 dente de alho picado
1 copo de água
Sal e azeite a gosto
1 caixa de creme de leite desnatado

Colocar o azeite em uma panela e dourar a cebola e o alho, adicionar a água e a abóbora, juntar o sal e deixar cozinhar até desmanchar. Amassar com um garfo e adicionar o creme de leite, mexendo bem até virar um creme.

Ingredientes do escondidinho

Uma receita de purê de abóbora Cabotiã

500 g de carne seca dessalgada
1 cebola grande picada
2 dentes de alho picados
Meia xícara de cheiro verde picado
2 tomates sem pele e sem sementes picados
1 pimenta dedo de moça ou calabresa (opcional)
Sal e azeite a gosto
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de fazer:

Deixar a carne seca em água na geladeira de um dia para o outro, trocando a água quatro vezes. Colocar na panela de pressão com água cobrindo a carne por aproximadamente 40 minutos. Desligar e esperar perder a pressão. A carne deverá estar boa para desfiar.
Dourar no azeite a cebola e o alho, adicionar a carne desfiada, os tomates picados, a pimenta e o cheiro verde. Cuidado com o sal, pois a carne seca mesmo dessalgada, conserva um pouco de sal.

Montagem:

Em um refratário colocar a metade do purê de abóbora, juntar o refogado de carne seca, cobrir com a outra metade do purê, polvilhar com queijo parmesão e levar ao forno para gratinar.

ABÓBORA CABOTIÃ ASSADA COM TEMPEROS

Com textura macia e sabor levemente adocicado, a abóbora Cabotiã, também conhecida como japonesa, é requisitada nas mais variadas preparações.

Delicioso acompanhamento com salada, com carnes, frango ou peixe, pode ser usada em risotos, se transforma em delicioso purê e faz uma dupla perfeita com carne seca!

Ser triturada e, com casca e tudo, perfumar e abrilhantar um pão caseiro.

Pode ser preparada com ou sem a casca, como você preferir, assim como pode ser cortada em cubos ou em gomos.

Eu gosto de cortar em fatias.

Ingredientes:

1/2 abóbora cabotiã

6 dentes de alho inteiros

alecrim fresco

Orégano

sal a gosto

Páprica doce defumada, uma pitada

pimenta-do-reino a gosto, moída na hora

azeite de oliva a gosto

Modo de fazer:

Lavar a abóbora e secar com um papel toalha. Retirar as sementes e reservar.

Cortar em fatias de 2 cm e colocar em uma assadeira. Regar com azeite.

Espalhar os dentes de alho, o alecrim, orégano e a páprica sobre a abóbora. Temperar com sal e pimenta-do-reino a gosto. Regar com mais azeite.

Levar ao forno preaquecido a 180°C por 20 minutos ou até amolecer, não muito.

Retirar do forno e regar com mais azeite.

DICA: sementes assadas, ricas em ferro, viram um ótimo aperitivo.

Lavar as sementes da abóbora e retirar os fiapos, secar as sementes com papel toalha e colocar em um refratário. Levar ao forno junto com a abóbora e deixar até ficar crocante. Retirar, temperar com sal e adicionar um pouco de azeite e voltar ao forno por mais 5 minutos. Servir com as abóboras assadas.

A SIMPLICIDADE DO PÃO CASEIRO

Sabe aquele pão que dá vontade de fazer, de comer, mas sem grandes invenções, apenas utilizando os ingredientes básicos? Pois é ontem eu acordei assim e resolvi fazer um pão extremamente simples que ficou super gostoso!

Não existe nada mais delicioso do que uma boa fatia de pão caseiro fresquinho com uma camada generosa de manteiga e uma xícara de café!

INGREDIENTES:

500 g de farinha de trigo

230 ml de água filtrada e em temperatura ambiente

1 envelope de fermento biológico seco (10g)

1 colher (chá) rasa de sal

2 colheres (sopa) de azeite

MODO DE FAZER:

Numa tigela funda colocar a farinha, o fermento e o azeite, misturar. Acrescentar aos poucos a água, no meio do processo colocar o sal. Começar a sovar e adicionar o restante da água conforme for sendo necessário.

Sovar bem dentro da própria tigela até obter uma massa lisa e enxuta.

Polvilhar com um pouquinho de farinha e deixar descansar coberta com um pano ou plástico filme dentro do forno desligado por aproximadamente 1 hora.

Após esse tempo colocar a massa em uma bancada polvilhada com um pouco de farinha, sovar e abrir um disco com o pau de macarrão, enrolar feito um rocambole formando um filão e transferir para uma assadeira polvilhada com farinha de trigo.

Com uma faca afiada fazer cortes em diagonal sobre o pão.

Deixar descansar, coberto com um pano,  por mais uma hora ou até dobrar de volume.

Preaquecer forno a 180°C.

Levar para assar em forno por uns 30 minutos aproximadamente ou até começar a dourar.

Antes de levar ao forno esborrifar um pouco de água sobre o pão para deixar a casca crocante.

PAVÊ DE CASTANHA DO PARÁ E CHOCOLATE MEIO AMARGO

Sabor que não pode faltar!

INGREDIENTES:

1 pacote de biscoito inglês (açúcar fino)

1 lata de doce de leite

1 lata de creme de leite

200 g de chocolate meio amargo em barra

1 cálice de rum

100 g de castanhas do Pará picadas

MODO DE FAZER:

Misturar o doce de leite com 2/3 de creme de leite, as castanhas do Pará picadas e reservar.

Caso não queira comprar o doce de leite pronto, você poderá fazer, cozinhando uma lata de leite condensado.

Para fazer o doce de leite:

1- Retirar o rótulo da lata e cozinhar a lata em panela de pressão por cerca de 50 minutos. A água deverá cobrir totalmente a lata para evitar o contato direto com o calor do fogo, que poderá rompê-la.

2- Depois de cozido o doce, deixar esfriar muito bem antes de abrir a lata, pois enquanto o doce estiver ainda quente poderá espirrar e provocar acidentes.

Picar o chocolate e derreter em banho-maria, adicionar 1/3 de creme de leite e o cálice de rum, misturar bem.

MONTAGEM:

Em uma taça ou travessa, fazer camadas alternadas de biscoito, creme de castanha do Pará, biscoito e creme de chocolate. Enfeitar com raspas de chocolate, cerejas em calda e castanhas do Pará ou apenas com morangos. Levar à geladeira por 24 horas.

É importante que o pavê seja servido bem gelado, portanto é recomendável que seja preparado de véspera, pois o tempo de geladeira é necessário não só para que o pavê chegue a uma temperatura agradável ao paladar, mas também para que os ingredientes usados no recheio penetrem nos biscoitos.

Penne ao forno com molho de tomates, ervilhas e parmesão

 

Uma nova experimentação na minha cozinha, peguei uma receita que já tinha criado, adicionei mais alguns ingredientes e levei ao forno, polvilhada com parmesão ralado,  para gratinar e o resultado ficou incrível!

O bom desse prato é que pode ser preparado com antecedência e colocado no forno um pouco antes de servir.

1- INGREDIENTES:

1/2 pacote de ervilha congelada (150g)

1/2 talo de alho poró fatiado fino

1 xícara (chá) de cebolinha e salsinha picadas

Uma pitada de orégano

Uma pitada de sal

1 colher (sopa) de azeite

1 xícara (chá) de água fria

MODO DE FAZER:

Numa panela colocar todos os ingredientes e deixar cozinhar até a água evaporar e amolecer a ervilha.

2- INGREDIENTES DO MOLHO:

1 dente de alho picado

1 colher (chá) de orégano

5 tomates italianos sem pele e sem sementes picados

1 colher (chá) de páprica doce defumada (opcional)

Sal e azeite a gosto

MODO DE FAZER:

Cobrir o fundo de uma panela antiaderente com azeite e dourar o alho, juntar os tomates e deixar desmanchar um pouco.

Acrescentar o orégano, a páprica e o sal.

Juntar a ervilha refogada no molho de tomate e deixar pegar gosto.

Cozinhar 300 g de penne de grano duro em água fervente e salgada até atingir o ponto bem ao dente.

3- MONTAGEM

Em uma travessa que possa ir ao forno, cobrir o fundo com um pouco de molho, espalhar por cima a massa, polvilhar parmesão ralado por cima e cobrir com o restante do molho. Polvilhar mais parmesão e levar ao forno preaquecido para gratinar.

SALADA VERDE E SUAS VARIAÇÕES

Muitas folhas variadas juntamente com pepinos, tomates, rabanetes, palmito, cenouras, beterraba, tudo cru, picados, ralados ou conforme a sua criatividade.

Pode-se acrescentar azeitonas, cubos de queijo coalho ou minas padrão ou parmesão em lascas ou muçarelinha.

Sugestões de molhos para temperar:

1)Cortar uma cebola roxa pequena em meias rodelas bem finas, passar na água para suavizar o sabor, misturar com azeite, vinagre balsâmico ou vinagre de vinho branco, sal e folhas de manjericão. Colocar o molho em uma molheira e deixar curtir um pouco para que tudo pegue gosto antes de servir.

2) Misturar uma parte de vinagre de vinho branco ou de maçã, outra de mostarda, e duas de azeite, sal a gosto. Regar a salada com o molho, somente na hora de servir ou colocar o molho em uma molheira.

3) Misturar um copo de iogurte, sal e azeite a gosto, folhas de hortelã ou manjericão ou orégano, limão ou vinagre branco. Misturar tudo e colocar em uma molheira.

4)Misturar uma parte de vinagre balsâmico, três partes de azeite, sal, uma pitada de orégano e um alho bem picado ou usar alho desidratado. Mexer muito bem e colocar em uma molheira.

SPAGHETTI CON POMODORI, PORRO, OLIVE NERI E BASILICO

Embarque em uma viagem de aromas e sabores degustando essa receita. Ingredientes que super combinam produzem um prato veloz e muito saboroso!
O espaguete de grano duro cozido ao dente é temperado com um molho feito com cebola picada e alho poró fatiado fino refogados em azeite. Tomates maduros sem pele picados são adicionados juntamente com sal, orégano e pimenta do reino moída na hora e refogados até os tomates ficarem quase desmanchados.
Azeitonas pretas sem caroço picadas juntamente com folhas de manjericão também picadas são colocados no final do cozimento acrescentando mais sabor ao molho.
Para quem gostar, um bom parmesão ralado pode ser polvilhado sobre a massa o que a deixará ainda mais saborosa!

Salada de repolho roxo com cenoura e uva passa

Uma entrada deliciosa e um ótimo acompanhamento! Muito simples, mas com grande sabor.
O repolho cru é um ingrediente versátil disponível na versão roxa ou branca e Que combina com uma variedade de outros ingredientes e temperos, por ter um sabor neutro.

Ingredientes:

  • 1 repolho roxo pequeno fatiado
  • 2 cenouras raladas
  • 3 colheres (sopa) de uva passa preta sem semente
  • Pimenta do reino moída na hora a gosto
  • 2 colheres (sopa) de Vinagre balsâmico
  • Azeite e sal a gosto
MODO DE FAZER:
  • Cortar o repolho em tiras bem finas ou passar no processador de alimentos.
  • Lavar em água corrente e escorrer bem.
  • Espremer  bem o repolho entre as mãos para retirar toda a água.
  • Em uma saladeira, colocar o repolho, as cenouras raladas e a uva passa.
  • Misturar tudo muito bem.
  • Temperar  com a pimenta do reino a gosto, o sal, o vinagre e o azeite, misturar tudo muito bem e levar à geladeira até a hora de servir.